Para quem eu daria o cartão vermelho?

  Há mais de 3 anos rolou uma blogagem que pedia a lista de 10 ítens que achávamos que merecia cartão vermelho. Fiz a minha, a convite da Beth Lilás, e hoje resolvi postar de novo, notando que não mudaria nada, mas acrescentaria muita coisa. Difícil escolher apenas 10!


Faço minha a lista da Beth. É mais ou menos a indignação de todo mundo.
1) Cartão vermelho para a corrupção e bandalheira que regem a política, não só a nacional mas a mundial, desde tempos imemoriais.
2) para o descaso dos governantes pela população miserável, que não tem nem onde morar.
3) para as famílias que abandonam seus idosos.
4) para os que acham que beber e dirigir são atos compatíveis.
5) para pais que não ensinam - em casa , desde cedo - o respeito ao próximo.
6) para a dor, tanto física quanto espiritual.
7) para a falta de voluntários nas instituições de caridade.
8) para as "tragédias anunciadas" , causadas em parte pelos fenômenos da natureza mas alimentadas dia após dia pela falta de comprometimento da humanidade.
9) para a baixa remuneração do professor, principalmente o de escola estadual.
10) para a falta de moral do mundo moderno. 
Não mudo nada e acrescento: Cartão vermelho para a pedofilia, como bem lembrou a Vívian, nos comentários da época e 
Cartão vermelho para a falta de paciência do ser humano em geral, a maledicência, a facilidade que se tem de apontar o dedo para acusar, sem antes saber dos fatos.
Quer ler o texto original?
Quer fazer a sua lista? Não precisa ser de 10 ítens, acho que todos nós teremos uma maior. Faça a sua, num post.
"Para quem eu daria Cartão Vermelho". Sem dia marcado.  

14 comentários:

✿ chica disse...

Concordo com todos os cartões dados e como vemos, nada mudou! Pena!! Acrescento um cartão vermelho para a perda da simplicidade da vida! Todos querem TER e TER...E só se complicam com isso tudo! beijos,lindo fds!chica

Lu Souza Brito disse...

Assim como a Chica, concordo com todos os seus cartões e também com o cartão da Chica. Todos querem só TER. TER. TER. Não que nao tenha seu lado positivo, mas atualmente tomou tal importancia que as pessoas fazem sacrificios inimagináveis para algo que me parece muito mais representação, aparencia mesmo.

Beijoooos

Fernanda Reali disse...

concordo e acrescento mais um: cartão verme;ho pra péssima qualidade dos serviços prestados. Tudo, seja caro ou baraton, nos é mal servido: longas esperas em clínicas médicas, balconistas grosseiros, eletricistas ineptos, motoristas de ônibus enlouquecidos. A má prestaçào dos serviçosme enerva. beijoooo

Kellen Bittencourt disse...

Que bacana Lucia, acho que mesmo depois de 3 , 10, 20 anos tudo isso infelizmente continuará atual, uma pena, mas esse cartão vermelho será sempre moderno, nunca retrô! Gostei do grito! Bjoosss

Beth/Lilás disse...

Lúcia, o meu foi em 2009 e, pelo que vi, continuo concordando em dar os mesmos, pois quase nada mudou até então.
Acrescentaria com um cartão vermelho
para quem ainda insiste em acreditar num partido e em políticos que a cada dia são desmascarados, mas tais pessoas não querem acreditar, preferem ser enganadas como criancinhas que acreditam em papai noel.
bjs cariocas


Cristina Pavani disse...

Oi Lúcia!
O que me deixou intrigada foi a questão do trabalho voluntário.
Penso ser uma faca de dois gumes: se o voluntariado aumenta, o governo se acomoda.
se o voluntário não tem um contrato (mesmo que verbal), um compromisso para longa data, tudo se esfria logo e ele some...
É difícil cobrar profissionalismo de pessoas que estão se doando...
O perfil do voluntário, assim como a cultura de uma comunidade, podem fazer a diferença.
Em instituições religiosas, onde o leigo sempre teve cargos e tarefas, há uma cultura propícia.
Quando voluntários estão lado a lado com profissionais remunerados, a relação pode ser desgastante.
Grata pelo direito à reflexão!
Um abraço.

Silenciosamente ouvindo... disse...

E está muito bem. E haveria tanta
outra coisa,não é?Em Portugal
começamos a não ter paciência
para nada.
Beijinhos
Irene Alves

Mauro S disse...

Oi Lúcia, legal o post, e verdadeiro.
Tem muita coisa, pessoas e situações para dar se dar um cartão vermelho nesta vida.

Beijos e bom final de semana!

Clara disse...

A lista é bem maior sim.

Gostei do ítem da falta de respeito ao próximo. Isso é tão comum hoje em dia, parece que esqueceram como se educa isso.

Beijos

Calu disse...

Revitalizar os bons movimentos é altamente positivo, conforme vc mesma ressaltou, Lúcia, pois passados 3 anos vemos que infelizmente nada mudou na listagem, ao contrário, outros malefícios se acrescentaram.
Assino abaixo da tua lista e na da Beth.
E como vemos, cada leitor por aqui tem seu ítem pra acrescentar à lista.
Foi uma grande idéia esta repostagem.
Bom fim de semana.
Bjos,
Calu

Brechique da Dodoca disse...

Olá, Lucia,
muito bem pensado reeditar essa sua postagem!
Neste meu momento, o meu cartão vermelho vai para a falta de delicadeza entre as pessoas! Como dói!
Bjssssssssssssss, quérida!

Marli Borges disse...

Oi Lúcia,
muito legal a (re)postagem. É. Nada mudou, ou melhor, piorou. Tanto se fala, tanto se escreve, há milhões de doutrinas, cursos, especializações, isso e aquilo. De que adianta tudo isso? não sei. Meu cartão vermelho vai para a robotização das pessoas. Bjssss

Renata Boechat disse...

Para aumentar a sua lista, dou cartão vermelho para a falta de educação que tem se tornado uma constante ao nosso redor, um analfabetismo de boas maneiras que me deixa admirada,
por que o resto, o resto eu acho que não tem mais jeito não...cartão vermelho forever!

Lúcia Soares disse...

Lu Souza Brito disse:

Assim como a Chica, concordo com todos os seus cartões e também com o cartão da Chica. Todos querem só TER. TER. TER. Não que nao tenha seu lado positivo, mas atualmente tomou tal importancia que as pessoas fazem sacrificios inimagináveis para algo que me parece muito mais representação, aparencia mesmo.

Beijoooos