Piso novo para o alpendre/garagem

Com obra de novo em casa. Desta vez, o alpendre/garagem, que já merecia uma reforma quando refiz (praticamente) a casa, há quase 2 anos. Mas uma reforma sempre se estende além do pretendido, então parei quando a parte interna terminou e agora refaço a parte de fora.
Para mim, indecisa no grau 10 e um marido que não opina em nada, "você é quem sabe", fica mais difícil ainda escolher.
Optei por uma cerâmica que tem peças com algum bordado, imitando desenho de ladrilho hidráulico e peças sem desenho nenhum. O bonito é compor tudo aleatoriamente, mas dentro de alguma lógica.
 Cada embalagem vem com 9 peças, montadas sem uma quantidade igual de cada peça, o que traz até 4 de um só modelo. A cor da foto está mais para o rosado em alguns pontos, mas o certo é um tom clarinho de bege.
Aí uma pequena parte, sem rejunte ainda.
Para  mim, que sou bem sem noção para essas coisas, foi difícil "paginar" essa composição, pois pelos números variáveis de peças, algum desenho mais uniforme que quis formar implicaria, depois, em não conseguir repetí-lo por falta das mesmas.
De todo jeito, gostei muito.
 Foi uma deliciosa brincadeira ficar compondo as peças, "casando" os desenhos harmonicamente.
Os 5 modelos de peças:

24 comentários:

Calu disse...

Lucia,
vc é uma decoradora nata.Ficaram graciosíssimos os conjuntos.Amei o resultado!
O espaço está harmônico e convidativo.
Bjos,
Calu

Ana disse...

Ai, que lindo, Lúcia!!

Amo ladrilhos hidráulicos e a tua composição ficou maravilhosa!!

Amei!

✿ chica disse...

Lindo!Escolheste muito bem!Fino e ao mesmo tempo sóbrio, delicado!Gostei! beijos,tudo de bom,chica

lilly disse...

adorei! gostei mto mais que vc combinou aleatoreamente, pois nao gosto de nada combinandinho!!!!
lindo lindo

Adriana Magre disse...

Lúcia, adorei teu piso!
E gostei mais ainda da praticidade dessa peça grande, já com o desenho dos tozettos.
No meu antigo apê, usei os tozettos, mas com as peças grandes separadas e aí a composição ficou mais geométrica.
Como a sua, achei que ficou mais charmosa, parecendo os pisos das villas italianas.
Tudo de muito bom gosto e deixa o marido sem palpitar mesmo, porque é melhor que ele tomar o gosto, rsrsrs.
Beijos

Sheyla - DMulheres disse...

Lucia, sua linda


Adorei demais os ladrilhos, ficou muito lindo e chique. Parabéns pela escolha.

Beijos e uma linda noite..

Bia Jubiart disse...

Lúcia, ficaram ótimos! Bonitos e originais, estás contratada rsrsrs

Sempre falo que quando os olhos se alegram no ver, é porque vc está se sentindo bem e realizada.

Sonhe com os anjos luzes!

Bjossss

Georgia Aegerter disse...

Lindos Lúcia. A nossa garagem tb tem piso. Facilita muita coisa.
Até porque comompor aqui chove muito a garagem com piso facilita quando temos festa.

Bjos

Pitanga Doce disse...

Minha Nossa Senhora dos Pisos Decorativos! Pelos comentários que vi aqui eu não entendo nada de decoração. hehe O que são ladrilhos hidráulicos?

Bom dia, Lu.

Adelina disse...

Ficou muito bonito Lúcia! Parabéns! Mas este é o tipo de trabalho que eu jamais teria disposição e interesse em fazer (menos ainda, jeito e habilidade. Sou bem sem graça para essas coisas. Agora já sei a quem recorrer quando for fazer o piso do meu quintal. rsr

Marly disse...

Oi, Lúcia,

Seu piso ficou lindo! É é tão bom quando a gente já pode mostrar a obra pronta, né? rsrs. Eu vou começar mais uma nos próximos dias, rsrs.

Beijoca e boa tarde!

♥Entre, a casa é minha! por: Monalisa Melo disse...

Achei uma graça, e o melhor esses pisos hidráulicos estão super na moda, rústico e ao mesmo tempo delicado. Ficou muito lindo! Belíssima escolha Lucia!
Beijinhos querida, e obrigadinha pelo carinho de sempre, pelas visitinhas vc será sempre bem vinda, adoro quando me visita.

Kellen Bittencourt disse...

Oii Lucia, reforma dá trabalho mas quando fica pronto é uma delicia ver tudo novinho, o piso ficou ótimo com um quê de antiguidade com essas peças decoradas, gostei muito! Bjoooss

Regina Rozenbaum disse...

Lúcia ducéu...queria ter esse ânimo seu. Após um ano e meio de reforma no prédio (externa)e muiiita dor de cabeça, carecendo arrumar os estragos que eles fizeram internamente aqui em casa só de imaginar pintor, poeira etc e tal arrepio...ainda to empurrando rsrs não sei até qdo!
Ficou bacanérrima sua paginação. Imagino a trabalheira que deu montar esse quebra-cabeça!
Quando a varanda tiver toda pronta, mostra pra gente.
Beijuuss

Deusa disse...

Ficou simplesmente lindo,eu também nào entendo nadinha destas coisas,mas já sei que nunca vou colocar Marmore(piso)no chào.Em BH o piso da sala e todo marmorizado e suja demais,como ficou fechado uns quatro anos,manchou demais e nàoconsigo limpar nunca.
Lúcia,eu vim passar o dia das màes com minha màe em Goiânia,estava com saudades demais,vou ter que fazer Maitê faltar uns dias a cada mês,senào fico tempo demais longe e me desespero.
Deusa
vasinhos coloridos

Deusa disse...

Lú,na minha casa somos completamente desligados de marcas e coisas do tipo.
Nào estou nem um pouco preocupada em ter o celular da moda,ou um Tablet.
Marido comprou para meus sobrinhos Dois Notebooks modelo novo(sei lá o nome)e Dois Tablets,eu viajo e trago isso e aquilo,mas nunca compro pra mim.Marido tem por necessidade de trabalho.Mas nào entendo toda esta febre.Podemos,mas nào queremos esta dependencia.Eu entendo ter o computador novo,mas nào descartar um semi-novo e ótimo apenas para seguir a nova tendencia ou ficar na moda.
Nào entendo,nào quero e nào gosto.Maitê tem Oito anos e nào tenho nenhum plano de comprar estas coisas pra ela,pra que? para pessoas terem acesso a uma criança inocente?
Ela usa o meu celular,e o meu Notebook e já esta ótimo.Tem horário para TV e computador e canais também.Claro que aos poucos vou cedendo uma coisa aqui e outra ali,compramos o Xbox,mas ela brinca muito com seus brinquedos,e quero que ela seja como meus sobrinhos..Eles devoram livros,por isto levo muito a livrarias.
Como diz o Datena,cuidado quando expòe seu filho ao mundo,ele rapidamente vai aprender muito mais que você e isto vai abrir portas que você jamais permitiria....
Bjs
Deusa
vasinhos coloridos

Silenciosamente ouvindo... disse...

Gostei muito do chão. Ficou muito
bem. Então seu marido é como o meu.
O meu já tem 70 anos, está naquela
de não querer fazer nada de nada
e ainda se chateia se alguma coisa
está fora do sítio. Assim vejo-me
muito limitada a alterações.
Beijinhos
Irene Alves

Dri Dauzacker disse...

Lúcia querida, ficaram ótimos, mto bom gosto! Bjooo

Turma Subsequente disse...

É abundante na natureza o fato, de quem constrói, cuida, enfeita o ninho é a fêmea. Nada de marido que nada sabe. Ele sabe muito bem, que quem manda no ninho!

Até a Bíblia afirma: "o homem deixará pai e mãe, e se juntará a sua esposa." - Ou seja, ela prepara o ninho e o leva para ele.

He he he ! Nada sério Lucia. É que, aqui, é a mesma situação. E, ela diz frase semelhante.

Mas, a tática masculina é se eximir de ouvir depois: "só foi assim porque ele quis" Isto é muito "mais pior!".

- Por outro lado, uma incerteza feminina vale 50% das certezas masculinas nestes casos.

ML disse...

Ficou ÓTIMO, Lúcia!

Eu AMO ladrilho hidráulico, acho que dá uma alegria!
E eu sou a madame "alegria": minha mãe adora decoração "clean" (tipo tudo branco), eu acho lindo, mas não é pra mim. Gosto de colocar coisinhas, coresinhas, etc.
Falando em ladrilho hidráulico, li numa revista de decoração sobre uns adesivos de ladrilho que imitam o hidráulico. a mulher colou sobre uma parede inteira sobre a pia, ficou muito lindo.

Parabéns!

bjnhs e ótimo final de semana

Socorro Melo disse...

Oi, Lucia!

Que prazer está de novo por aqui. Agradeço imensamente a sua visitinha lá no meu cantinho, que está tão "abandonado", kkk
Senti muita saudade dos meus amigos, e dos seus textos inteligentes, e assuntos interessantes e curiosos.

Um grande abraço
Socorro Melo

Beth/Lilás disse...

Ficou bem legal, Lúcia!
Eu adoro os entremeados com azulejos hidráulicos.
beijos

Anônimo disse...

Ficou uma merda. Idéia de jerico tentar formar desenho, a proposta do piso é de formas aleatórias, irregulares. O que vc fez fudeu tudo.

Lúcia Soares disse...

O que esperar de quem se pronuncia anonimamente? E com esse palavreado?