Minha Amiguinha

A minha tinha cabelos castanhos, mas era esse mesmo o vestidinho.
Ganhei-a do...marido! Sim, aos 17 anos de casamento, já com filhos adolescentes, este foi o meu presente, pois eu gostava muito da boneca e sempre falava em comprá-la.
As filhas não se interessaram, nem entenderam meu desejo, já que tiveram suas bonecas.
Como não me lembro de nenhuma que eu tenha tido, talvez por isso sonhei tanto em ter a minha Amiguinha.
Claro que devo ter tido N bonecas, só que não tenho memória nenhuma da  minha infância. Nem a mais leve. E sei que tive uma linda infância, não há nada de traumático nesse minha falta de memória.
Claro que não era uma boneca para se brincar. A não ser brincar de amiguinha mesmo. Porque a boneca é muito grande e não dá nem pra ser carregada. 
Aí que hoje, procurando uma imagem pra postar para a Renata, que  faz aniversário, deparei-me com a foto da Letícia, mais linda do que qualquer Amiguinha que eu pudesse desejar! 
Até a pose, que para ela era natural, está a de boneca.
Lembrei-me da minha Amiguinha, a quem chamei de Vanessa, e que ficou por anos paradinha num canto do quarto das filhas, "trambolhando"! rs 
De vez em quando lhe penteava os cabelos, tirava o vestido e lavava, cuidava bem dela, mas acabou se tornando apenas um objeto num canto do quarto.
Dei-a de presente (acho que presente de grego...) para a filha de uma prima e nem sei que fim ela levou, mas sei que já não é mais da Aninha.
Fui procurar por fotos da boneca e me deparei com a venda dela, e como agora é raridade, achei uma de R$800,00! Se soubesse, tinha guardado...rs 
Aqui, a bonequinha da Renata, a sapeca Letícia. Como eu lhe disse, seu melhor presente.
Beijo para minha Rê. Que Deus a abençoe muito e que tudo que desejar chegue no tempo certo.


15 comentários:

Adelina disse...

Ei Lúcia, que texto mais gostoso e singelo! Sabia que a mamãe também ganhou uma boneca (Mônica, da turma da Mônica) quando eu já era adolescente (ajudei o papai a comprar e, nas lojas, todo mundo pensava que era para mim. rsrs). Realmente a Letícia é uma bonequinha. Excelente comparação e homenagem para a sua filhota. :) Beijos

Kellen Bittencourt disse...

Nessas horas até me arrependo de ter me desfeito das minhas bonecas, guardei por muito tempo mas acabei me "desapegando" srsr eu tive uma bem parecida com essa, ela andava, imagino que o preço seja bem alto tbém, se é que existe! Suas bonecas de verdade agora são mais lindas e com certeza mais amigas rss bjoooss

Nina disse...

nossa lucia, agora tu me fez voltar no tempo. eu tinha uma mt parecida.. ohhh era tao bonitinha. Guardei comigo por anos, mas depois, sei la, foram tantas mudancas de casa...

mas eu ganhei a minha Liza qd eu ainda era menina :-)

A pequena na foto é uma lindeza!! toda de oncinha, ai gente, nao aguento :-)

Brechique da Dodoca disse...

Oi, Lucia querida!
Penso que vc saiu no lucro: a filha e a neta são bonecas lindas!
Parabéns!
A Amiguinha foi um boom, lembro-me bem. Fez o maior sucesso com as meninas, mas penso como vc: brincar com elas, só de amiguinha mesmo! Sentadinha ou em pé!
Minha irmã caçula teve a Meu Sonho, pouco mais baixa que a Amiguinha, e tornou-se um trambolho no canto do quarto! Rsssssssssssss
Bjsssssssssssss, quérida!

✿ chica disse...

Que lindo,Lucia e a bonequinha da R~e, é muito mais linda que a AMIGUINHA!! Felicidades pra todas vocês! beijos,chica

Elaine Gaspareto disse...

Own, que bonequinha mais linda!
A de verdade, claro!
Até a pose, como pode isso?
Dá vontade de morder? rsrsr
beijossss

Beth/Lilás disse...

Ahh Lúcia, eu vou começar por elogiar a lindinha da Letícia, como ela parece uma bonequinha, muito linda e fofa! Sua filha também é lindona, daí só podia fazer uma filha bonita, né!
Poxa, a Amiguinha era o sonho de consumo de todas nós, e até tive uma em conjunto com minha irmã, mas a gente brincou tanto, desgrenhou a pobrezinha tanto que ela faleceu há muito tempo. kkkkk
Caramba, a cotação dela subiu bem, né!
beijos cariocas


Pitanga Doce disse...

"Jesus, Maria, José"! Como eu desejei essa boneca, mas não dava para os meus pais comprarem. Anos mais tarde ganhei uma de verdade (a Julinha) que como a tua Letícia fez a minha vida ficar mais completa.

Beijos Lucia.

Lúcia Soares disse...

Oi amiga
belo teu blog, uma linda noite.

Georgia Aegerter disse...

Lucia, que boneca linda! Sabe que eu nao sei se tive uma? Eu me lembro da Tagarela que tive mas foi usada.

Linda a tua filha. Que olhos, que sorriso tao expressivo.

Muitas bencaos na vida dela.

Grande beijo e um lindo dia pra vcs

Heloísa disse...

Parabéns para a Renata.
E que bonequinha mais linda a Letícia. Toda charmosa, de oncinha. E, com certeza, amiguinha prá sempre.
Beijo.

Mara Lucia Bechara disse...

Linda sua "amiguinha real", adorei a homenagem ....nossa essas bonecas eram um "must"...virou coisa de colecionador...se as meninas de hoje brincassem de bonecas ,garanto que teria uma que andava , falava e jogaria video game!!!
bbjjss
meu cachixó

Ana disse...

Histórias deliciosas...
Amei!

Parabéns para a Renata! (Que tem sobrancelhas lindas! Heheheh!)

Beijão!

RoseMeri Pellens disse...

rs... Que coisa, né?
Eu nunca tive essa boneca, mas tive outras duas de carne e osso, lindas, lindas!
Beijinho...

ML disse...

bjnhs pra Lelê, pra Rê e pra avó/mãe super "coruja" (e falcão, quando precisa). Parabéns, atrazadosmas meus melhores desejos de MUITAS FELICIDADES pra "bonequinha".

bjnhssssssssssssssssss

PS: engraçado é que minha mãe tb ganhou, já adulta, de presente do meu pai, uma boneca (ela adora!!!).
Coincidência!