Mudanças

Hoje reparei que tenho mais de 100 acessos todos os dias. Quer dizer, tirando as vezes que eu mesma venho ao blog, e vou ler outros, e volto pro meu blogroll, a cada vez que faço isso também é marcado como visita, então vai que sejam uns 70, 80 acessos por dia. É muita gente, eu acho. (Pode ser pouco, mas para mim é muito.)  Gente que vem me ler, que vem na expectativa de encontrar alguma coisa boa para se distrair, ou até algo forte, mas que lhe sirva de alguma coisa, né?
Por isso volto a escrever, embora o coração ainda esteja apertado, as coisas tenham melhorado um pouco, mas parecem longe de se normalizarem.
Senti, desde ontem, que a tristeza tomou conta da minha vida, de tal maneira que me esqueci de sorrir, de rir, de me distrair com que bobagem seja.
 De manhã, com Letícia aqui em casa, entrou com ela a alegria, porta adentro, e fiquei "horas" brincando com ela, pegamos bichinhos que a prima trouxe da Disney e demos vacina, fiz todas as vozes, imitei até o Pato Donald, levamos todos aos dentista, fizemos limpeza nos dentes, depois eu fui maquiada, tudo só na imaginação, os pincéis eram os dedos, as cores eram os bichinhos, tudo só com gestos, com nossa alegria, com nosso calor. 

(Foto de 2001)
E a cada coisa que inventávamos, colocávamos os meninos no meio, nunca brincamos sem falar de Estevão, Fabrício e Henrique, e estamos dando entrada pra Samuel , que chega em agosto (noto que ela fica cabreira, está meio enciumada desse menininho que vai entrar em nossas vidas, há uns meses me perguntou se eu ia amá-lo...rsrs E eu falei que sim, ia amá-lo muito, como amava a ela e aos meninos, que no coração da vovó cabia todos os netinhos).

 (Foto de março/2012)
 Então, primeiro por mim, mas também, muito por eles, vou abrir as janelas e portas, deixar entrar o sol, a luz, o frio, a brisa, a paz, a alegria, porque se eu tiver tudo isso pra oferecer a quem de mim precisar, vou fazer um bem enorme a eles, e de volta terei junto às minhas, as alegrias deles.
(Lembrei-me da música cantada pela Vanusa, quem quiser ouvir é só procurar no youtube, chama-se Mudanças. Mas é bom ler como poesia, sem melodia.)

Hoje eu vou mudar
Vasculhar minhas gavetas
Jogar fora sentimentos
E ressentimentos tolos.

Fazer limpeza no armário

Retirar traças e teias
E angústias da minha mente
Parar de sofrer
Por coisas tão pequeninas
Deixar de ser menina
Pra ser mulher!

Hoje eu vou mudar

Por na balança a coragem
Me entregar no que acredito
Pra ser o que sou sem medo.

Dançar e cantar por hábito

E não ter cantos escuros
Pra guardar os meus segredos
Parar de dizer:

"Não tenho tempo pra vida
"
Que grita dentro de mim
Me libertar!

Hoje eu vou mudar

Sair de dentro de mim
E não usar somente o coração
Parar de cobrar os fracassos
Soltar os laços
E prender as amarras da razão!

Voar livre

Com todos os meus defeitos
Pra que eu possa libertar
Os meus direitos
E não cobrar dessa vida
Nem rumos e nem decisões!

Hoje eu preciso

e vou mudar
Dividir no tempo
E somar no vento
Todas as coisas
Que um dia sonhei
conquistar,

Porque sou mulher

Como qualquer uma
Com dúvidas e soluções
Com erros e acertos
Amor e desamor.

Suave como a gaivota

E ferina como a leoa
Tranquila e pacificadora
Mas ao mesmo tempo
Irreverente e revolucionária!

Feliz e infeliz

Realista e sonhadora
Submissa por condição
Mas independente por opinião,

Porque sou mulher

Com todas as incoerências
Que fazem de nós
Um forte sexo fraco!

(Composta por Vanusa e Sérgio Sá.)

17 comentários:

Élys disse...

Escrever faz bem a alm. É bom.
Esta música da Vanusa é muito bonita. Tenha uma boa semana. Beijos.

Elaine Gaspareto disse...

Lúcia, eu sempre me espanto quando vejo os acessos do blog. fico me perguntando o que a pessoa procura lá, se achou o que procuravam se gostou da decoração, se saiu mais feliz...
Tem dias duros, claro, dias em que o que eu menos quero é ler email e abrir blog, mas tem dias que abrir o blog me dá uma enorme sensação de ter uma janela. Daí que sempre estou por lá rsrsrs seja pra fazer rir ou pra fazer chorar rsrsrs

E a música da Vanuza é linda, ela mesma uma grande cantora, vivendo dias ruins que de forma alguma apagam a beleza da arte dela.
beijossssss

✿ chica disse...

É muito legal ver que nos leem, que nos procuram..Que lindos netos e essa música também, é boa!! beijos,linda semana e escreve, SEMPRE!! FAZ BEM! chica

SHEYLA -DMulheres disse...

Lúcia,
Lindo post.
è legal demais, vc saber quantas pessoas olhou seu blog, se interessou por alguma coisa por lá e deixou seu comentário ou apenas parou para ler.
Brincar com crianças é uma das melhores terapias que há.
Espero que você esteja se sentindo melhor e mais animada.
mil beijos e boa semana
Sheyla.

Palavras Vagabundas disse...

Lucia,
não sei o que aconteceu! mas sei como a tristeza pode tomar conta da gente e que é preciso combate-la, qualquer coisa tá valendo. Netos então!
bjs
Jussara

Beth/Lilás disse...

Ah, Lúcia, mas você é esta mulher corajosa e vai conseguir superar tudo isso, verás!
Nada como mergulhar neste mundo do faz de conta que as crianças fazem, pois assim a vida fica mais leve, mais adocicada.
Depois que você falou das visualizações de página fui até lá dar uma olhada nas minhas, pois isto é coisa que nunca me lembro de fazer e fiquei até espantada, pois só ontem, tive 404 visualizações, caramba! Se essa gente toda que vive 'bisoiando' nossos blogs comentassem, vixi, seria incrível, né?
um beijo grande e abraço apertado carioca

Néia disse...

Oi querida Lúcia...
Graças a Deus, tudo nesta vida passa e a única coisa que temos que fazer é ter paciência com o momento, resistir e sorrir. Nem sempre é fácil, mas se entregar não é o melhor caminho. Já te disse isto antes e vou repetir novamente. Você escreve como se estivesse conversando e contando algo bem gostoso aos amigos, assim, se afastar do blog é sempre uma lacuna que se abre para nós, seus amigos.Passei parate deixar um beijo e te desejar um feliz dia dos namorados. Sempre digo que este dia para mim significa amar a vida e tudo o que nos dá prazer, embora acredite que devemos praticar o amor diarimente. Beijos e até

Misturação - Ana Karla disse...

Lúcia, também gosto de saber que recebo visitas diárias no blog.
E você escreve tão bem que dá gosto vir aqui.
Que a tristeza permaneça distante de ti e que você mude sempre para melhor.
Com todo meu carinho.
xeros

Valéria disse...

Oi Lúcia!
Esta música diz tudo, é linda. A letra tão grande será que ela conseguiria cantar ainda?rss
É issi Lúcia, temos nossos altos e baixos, que só nós sabemos a intensidade,mas sabemos também que só nós podemos abrir o nosso coração para as coisas boas e deixar que elas permaneçam lá contagiando tudo o mais. Você tem suas motivações, netos lindos desejosos do amor dessa avó que AMA tanto eles todos.
O blog é bom para não deixarmos nos impreganar dessas coisas desagradáveis que tentam vir, aqui encontramos a receptividade, a solidariedade e isso é alento.
Fique com Deus!
Beijinhos e um lindo dia!

Eli Pechim disse...

Oi, Lúcia, como você está? As coisas estão melhores por aí? Hoje pensei muito em você, não sei por que, e só queria te dizer que estou aqui te desejando o melhor e que os sorrisos voltem logo e em abundancia. Um beijo, querida.

Amanda Alvarenga disse...

Passando aqui pra te convidar para participar do sorteio q ta rolando lá no blog!!

http://poquimdemim.blogspot.com.br/2012/06/sorteio-no-blog.html

Esperando hein?

A Paixão da Isa disse...

gostei mt do post mt bonito o texto bravo bjs

Renata Boechat disse...

Minha amiga,

Fiquei muito feliz com as mensagens que me deixaste, suas visitas sempre me agradam...não deixe de aparecer...

E quanto á música da Vanuza, acho que ela devia ser transformada em hino, um hino de nós, mulheres cheias de dúvidas, de medos, anseios...diante da vida, e dos personagens que ela nos apresenta, como se fosse um enorme palco, e nós apenas os espectadores...

Quanto aos seus visitantes, se sinta feliz, claro, pois é muito bom saber que a gente pode contribuir com a felicidade de alguém, não é?

Abraço,
Renata

Lu Souza Brito disse...

Lucia,

Nem sempre conseguimos mudar as coisas, usar a varinha magica, acordar do pesadelo. Enquanto isso, a vida acontece e nao devemos parar, esquecer de nós mesmos. Não é egoismo se permitir sorrir e ser feliz, mesmo quando tudo aponta para o caminho contrario.
E esta Leticia é mesmo uma graça. E a pureza e alegria das crianças nos traz um beneficio enorme, coisas que so percebemos quando estamos com elas.
Fico feliz que esteja voltando a escrever. Eu nao tenho este numero de visitas, mas gosto mesmo assim de escrever, me faz bem, é um certo desabafo também. Tentei sair da coisa do muito reclamar, falar de doença (e como falo disso ne?) mas me perdoo porque sei que é (foi) uma fase que envolveu toda minha vida.
Graças a Deus, as melhoras estapo vindo gradualmente e quero mesmo sorrir, ser alegre, agir.
Um beijao para vc!

Cucla disse...

Querida, por tudo o que nos representa, sinta o nosso amor por vc, e aqueça seus coração livrando-o de todo o sentimento que de alguma forma lhe aflija.
É querida, é amada e seus netos serão sua fonte de juventude e esperança cada vez que o sofrimento ou a dor abrace seu coração.
Estamos aqui te esperando sempre.
Bom final de semana..

Heloísa disse...

Lúcia,
Acabei de descobrir que não estava recebendo as atualizações do seu blog, e só agora estou lendo esse seu post.
Com a graça de Deus temos esses seres pequeninos, nossos netos, que nos fazem sentir alegria, mesmo quando estamos tristes.
Quando estiver abatida, lembre-se deles, e procure aproveitar sua companhia (no caso, a da Letícia, que está por perto).
Beijo.

ML disse...

Sues posts voltaram, EBA!
Seus leitores mega agradecem!

bjnhs pra Você e pra Lê (olha a intimidade! Ela é muito FOFA!)