Mudanças

Se perco tempo com tristeza, não tenho tempo pra ser feliz.
Quero tempo para ler, para escrever, para conhecer pessoas e lugares.
Um tempo para me cuidar, aprender a me perfumar, passar creme no corpo.
Tempo para olhar para tudo com menos severidade.
E pensar que o pesadelo político que nos amedronta não precisa acontecer.
Que milagres acontecem e este possa ser mais um.


                  (Imagem Tumblr)
Não quero chegar ao topo de nada. Porque ao chegar lá, a saída é descer. Não quero refazer caminho nenhum. O que fiz, está feito.
Quero aprender mais e mais, porque o dia é hoje e a hora é agora.
Costuro uma colcha de retalhos. Dia a dia faço mais um pedaço.
Um dia está harmônico, outro dia as cores não combinam, mas o propósito é este.
Quero minhas lembranças de volta. Ou no lugar certo.
Não me lembrar de tudo, mas mais do que me lembro.
Fazer uma lista. Colocar em cima as melhores palavras.
As mais bonitas, as mais alentadoras.
A primeira, na minha praticidade, seria Saúde.
Mas agora quero a Felicidade.
Quero vestir a camisola nova que não vou guardar para uma "oportunidade".
Oportunidade de quê?
Numa noite que não chova, num dia de lua cheia, numa noite de data comemorativa, numa noite sozinhos?
Quero hoje. Para mim. Uma noite de sono fácil, revigorante.
Quero ver TV, assistir telejornais, ler revistas e só filtrar as notícias boas.
As ruins são as de todo dia.
Quero ver o mundo com olhos de ternura, sem críticas, sem considerações.
Quero aprender receitas novas e ter prazer em cozinhar.
Quero continuar acreditando no que sempre acreditei, sem tirar nem pôr.
Quero continuar tendo meus prazeres pueris.
Preciso aprender uma nova língua, aperfeiçoar o português, cantar mais.
Exercitar-me mais.
Sair de dentro de mim, tirar a casca, como se fosse um casulo e me libertar.
De mim mesma.

22 comentários:

✿ chica disse...

Coração despejado em palavras e nos trazendo sentimentos que moram em ti! Lindo de ler, lindo de refletir e tens razão... Temos que querer viver bem.PT saudações,não? De que adiante isso ou aquilo, sonhar alto se não podemos a "escada" subir? rs bjs, lindo dia,chica

Cristina Pavani disse...

Oi, Lucinha!
Estou aqui atinando sobre suas gostosas "sensatezas".
Em minhas férias de julho quero reler este texto, e vivê-lo um pouquinho. Por enquanto, ainda não dá... estou atribulada com as criancinhas.
Beijos prá ti.

Allan Robert P. J. disse...

Oba, também quero!

:D

pensandoemfamilia disse...

Sair do casulo e vc já listou o que fazer. Vá siga seus desejos e seja feliz.
bjs

Claudia Yamauti disse...

É da gente, sempre querer, né Lúcia?
Mas é nessa busca, nesse desejo jamais saciado, que moram nossos desafios, nossos objetivos, nossas aspirações, e não dá pra viver sem tudo isso!
Queira mesmo, e sempre mais, não se canse, não desista, a felicidade está no caminho e não no destino, acredito eu...
Beijo querida!

Lúcia Soares disse...

Li seu texto "me enxergando" dentro dele. Bonito e sensível demais. Acho que é isso que nos faz mais humanos, o querer sempre, o querer o que nos transforma e que faz bem.
Tentei comentar lá, mas o blogger não tá deixando, então falo aqui.
Fez bem ler seu texto. Obrigada!

(Mensagem da Patrícia Daltro, no Facebook.)

Roberta Salvanhini disse...

Que Lindo Lúcia. Amei o post. Esse texto é seu?
Beijos e ótima semana pra você....

Luma Rosa disse...

Oi, Lúcia!
Chega um tempo em que reconhecemos que temos algumas dívidas com nós mesmos, principalmente quando passamos o nosso tempo a cuidar das pessoas que amamos.
Temos que nos agradar para nos valorizar!
As mudanças são sempre bem-vindas!
Beijus,

Ana disse...

"A vida dança na mudança!"

Inspiradora...

Bill Oliveira disse...

Lindo sem medidas!

Uma poesia Lúcia!
Te desejo a realização disto tudo!

Bjs

Will

ML disse...

Querida, Pablo Neruda que nada, é by Lucia Soares, certo?

Frase que mais ( no meio de tantas, todas!)amei: "... Um dia está harmônico, outro dia as cores não combinam, mas o propósito é este...."

BRAVO!!!!!!!!

bjsssssssssssssssssss

Beth/Lilás disse...

Aspiirações que tantos de nós carregamos na alma.
Que as suas sejam realizadas, as minhas,asn nossas!
Beijo e abraço cariocas.

Toninho disse...

Belos e fortes quereres minha amiga, para uma vida leve e feliz.
Que seja assim.
Um carinhoso abraço.

Élys disse...

Creio que é necessário viver buscando concretizar os nossos desejos, sempre visando a nossa felicidade e paz.

Lúcia,
Tem algum tempo que me afastei do Facebook e no momento não está em meus projetos voltar. Agradeço o seu carinhoso convite.
Um grande abraço,
Élys.

Pepa disse...

Oi Lucia, é a Vi, esta historia da camisola é assim mesmo, a gente fica guardando. kkkkk
Outro dia peguei uma que guardava, e dei para Pepa, eu não gosto camisola, embola no meu corpo, eu me reviro na cama, durmo com uma camiseta colada, bem colada, para não ter perigo de embolar..
A verdade é uma só, a gente se acaba guardando muitas coisas inúteis e as vezes não guarda o que realmente importa.
Muitos beijos,Vi

Clara Lúcia disse...

Lúcia, lendo o post fiquei prestando atenção em mim. Faz anos que vivo sozinha e aprendi a ficar bem assim, sem depender de ninguém pra ficar bem. Se tem alguém do lado, ótimo, mas se não tem, ótimo também!
E esse negócio da camisola, ou então da louça, do sapato, do batom, do perfume, é assim mesmo. Uso tudo que tenho sem esperar nada especial pra usar.
Há anos eu fazia pra agradar os outros, por obrigação. Hoje, que me importa se agrado ou não?
A gente relaxa e começa a viver bem, do nosso modo, sem medo...
Bom demais!
Beijos, minha doce maninha!

Nina disse...

Tava pensando se esse texto é teu, ficou tao bom que parecia aqueles copiados da net.mas sei o qt vc escreve bem.

sabe que nao guardo absolutamente nada pra depois, pra usar numa ocasiao especial? nada, nadinha mesmo!

Anne Lieri disse...

Nossa Lucia, como ficou bonito esse texto!Me identifiquei em diversas frases. Parabéns pela inspiração! bjs,

Toninho disse...

Oi Lucia estes quereres que nos moldam e forjam para a luta.
Ah, eu quero aquele caminho de roça, o cheiro da terra molhada,o canto de pássaros livres, a fumaça nos chaminés, o cheiro bom vindo da cozinha.

Desejo que tenha dias de paz e alegria nestes feriados de carnaval.

Um carinhoso abraço mineiro.

Mara Lucia Bechara disse...

Lindo texto a hora é agora,guardar para que temos mais que aproveitar, depois da saúde penso como você...mas eu tenho um grande defeito ansiedade,sofro por antecipação,tento controlar,mas é difícil..Enfim estamos quase instaladas aqui em SP,imagina que morei nesse bairro por 40 anos,os vizinhos tem idade de minha mãe ficaram tão felizes em me verem,ando na rua encontro no comercio amigos,conhecidos,essa SP que é uma mini vila nos bairros antigos e que é desconhecido ,por só falarem no todo que é gigantesco,mas tem esses ninchos que nos surpreendem...
Bjjs minha linda....bom carnaval.

Teresinha Ferreira disse...

Olá Lúcia,
Estou igual a você, querendo tudo isso e muito mais. rsrs
Lindo texto!
Beijos mil

Blog da Pandinha disse...

Amiga, o casulo eh parte integrante das nossas vidas. Precisamos dele, exatamente para entender o que precisamos e o que buscamos fora dele. A, como seres humanos, precisamos estar em constante busca, seja de conhecimento, seja de pessoas, seja de amor. No caminho, encontramos alguem que nao buscamos, como te encontrei, e valeu a pena nao estar no casulo naquele dia! Beijo gd