Não use. (A inveja)




Mudamos pouco, nós, os humanos. O tempo evoluiu e nós não.
Por mais que tudo se transforme, nada se crie, deixamos de lado alguns dons naturais do ser humano.
Dons que devem ser usados para a boa  convivência. Porque para agradar a todos, são precisos dons. E preciosos.
Daí que não se vive em sociedade sem alguns dons, que são de graça, não se aprende em escola nenhuma, a não ser a da vida mesmo.
O dom de ser educado, gentil, atencioso, por exemplo. Aceitar o outro como ele é.
Por mais que se seja ensinado, se não for um dom, não vai atuar em nós.
Acho que isso passa muito por sentimentos. E a inveja move o mundo, não se diga que não.
Lembro-me de que numa blogagem coletiva, há alguns anos, falei que não sentia inveja e fui alfinetada muitas vezes, como se fosse uma mentira deslavada. Não sinto inveja, de jeito nenhum. 
Para mim, a inveja vem junto com o desejo de que aquela pessoa não se realize, não seja feliz, embora não esteja implícito na definição da palavra. 
Não quero o que o outro tem, simplesmente para provar que posso ter. Quero algum objeto que vi, algum bem material, desde que possa tê-lo. Mas só se me agradar mesmo, não simplesmente para mostrar à pessoa que posso tanto quanto ela.
A inveja por bens materiais é, talvez, "menos nociva" do que a inveja que se tem do que a pessoa é. (Em matéria de beleza, poder aquisitivo, vida amorosa e social, etc.)


 Se posso ter aquele carro que a amiga tem, que seja porque gostei mesmo, ela me mostrou as vantagens, a qualidade. Mas se compro o mesmo modelo de carro, decoro minha casa com os mesmos objetos que ela, quero saber onde comprou aquele sapato, ou vestido, e compro igual, vou ao mesmo salão,uso o mesmo corte de cabelo...Pode parecer admiração, mas de verdade é inveja.  
Invejar o que o outro é pode ser pior do que invejar o que o outro tem.
Se não somos iguais, seja por incapacidade física ou intelectual, melhor admirar do que invejar.
A inveja frustra o invejoso, por não poder alcançar o que o outro alcançou.
Seria tão melhor que cada um vivesse a sua vida e deixasse a do outro em paz...
Uma boa semana para todos. Vou ali, volto já.

18 comentários:

✿ chica disse...

Inveja é uma das coisa piores que vemos por aí. Não adianta nem falar naquelas invejinhas boas. Sói de pronunciar tal palavra já entramos na má energia dela. Detesto e não sei porque, desde sempre a atraio pela coisas mais idiotas possíveis. Sai de mim! Cutufum!rs beijos,tudo de bom,chica

Maysa disse...

esta Chica é demais mesmo,
e a inveja horrível sentimento mais move as pessoas quase sempre,
forte abraço
elisa

Palavras Vagabundas disse...

Lucia, não tenho nenhuma inveja, posso admirar algo de alguém ou até mesmo desejar alguma coisa, mas isso nunca me incomoda pelo que o outro tem. Acho a inveja assim como o ciúme uma tremenda perda de tempo na vida.
bjs
Jussara

Cristina Pavani disse...

Excelente noite, Lucinha!
Me fez lembrar uma doce história:
Quando criança, na roça, percebi que a mulherada tinha inveja de uma senhora, com marido muito doente, chamada Tiana.
Ela era empreendedora, e tinha que ser! Trabalhava na cidade, cozinhava em eventos, era diarista nas fazendas vizinhas...Foi a primeira diarista que conheci.
Eu a observava devido ao falatório, e passei a admirá-la profundamente, a ponto de ganhar forças para deixar a família aos 13 anos de idade, e morar na cidade (para trabalhar e estudar à noite).

Beijicos.

Pandora disse...

Inveja é uma doença degenerativa, acaba com quem tem aos poucos!!! Realmente Lucia, é algo que não vale a pena usar!!!

Toninho disse...

A inveja é uma falha humana a ser combatida e extirpada,mas que não é tão facil. As definições das variações da inveja foram perfeitas e a inveja do que o outro é, creio ser a pior delas.
Otimo texto Lucia.
Um abração.

Andreza Canela Castela disse...

Acho que o que separa a admiração da inveja é um fio muito fino e delicado.
Saber separar e distinguir é muitas vezes difícil.
Beijos e um ótimo inicio de semana!!

Luma Rosa disse...

Oi, Lúcia!
Como bem disse, a inveja gera frustração. Ao contrário da admiração que é um sentimento positivo.
Sobre gentileza e todas as virtudes do ser humano, penso que vem de berço. Se existe uma "ovelha negra" ou do contrário, de uma família qualidades, nasce alguém diferente é porque a natureza também erra :D
Boa semana!!
Beijus,

Agora Somos Três disse...

Nossa, parece até q vc escutou a conversa que tive com uma amiga hoje por telefone. Ficamos um bom tempo falando sobre isso sobre pessoas que não tem inveja do que vc tem e sim daquilo que você é... Conheço uma pessoa que inveja a felicidade alheia, vive numa tristeza profunda e não sabe o porque...

Adorei o post!
Bjus
Ta

Beth/Lilás disse...

É verdade, a inveja existe e chega a dar medo, por isso não gosto de expor minha vida por aí.
Este pensamento abaixo diz muito sobre este negro sentimento:
"A insatisfação por aquilo que não temos é resultado da falta de gratidão por aquilo que temos."
Daisaku Ikeda
um grande abraço carioca e feliz primavera.


Adelina disse...

Adorei seu texto! Reflete exatamente o que penso. Sinto admiração por pessoas (e coisas também, por que não?), mas inveja, graças a Deus, não. Beijinhos

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida Lúcia
Me recordo, perfeitamente que aprendi a fazer BC co a Glorinha de Lion que tanto nos ensinou e fez uma linda interação pela blogosfera... foi bom demais!!!
Gostei muito da forma de vc abordar a inveja e estivemos em família conversando sobre isso lá na roça onde passei o fim de semana...
"É um caso sério" como se diz por lá...
Para mim, é um desgaste tremendo... perda de tempo mesmo... inútil...
Uso mina pouca eenrgia para fortalecer os dons que Deus me dá, mesmo sem merecer, e de graça...
Bjm de paz ebem

Heloísa disse...

Lúcia,
Acho que a inveja é um dos piores sentimentos. Faz mal para quem inveja, e também para quem é invejada.
E, como você diz, é pior a inveja daquilo que o outro é, e não dos bens materiais que ele tem.
Beijo.

Teresinha disse...

Ainda falam que existe a inveja boa. rsrs. Ai ai.
Um sentimento terrível esse.
Beijos mil

Kellen Bittencourt ( Trilhamarupiara) disse...

Oiii Lucia, amiga tenho que confessar, eu tenho inveja sim, de uma unica pessoa nesse mundo, e vc nem vai acreditar de quem, kkkkkk da Glória Maria, apresentadora do Globo Reporter, daria tudo p ter a profissão dela só para conhecer os lugares incríveis que ela conhece rsrsr Bjossssss

ML disse...

A inveja só serve pra corroer o "invejador".
Não muda a vida do "invejado" e pra mim é uma falta até de personalidade.
Eu até "invejo" certas pessoas, mas no sentido bom, de admiração.
E tomo como exemplo e tento melhorar.
Como dizem por aí, é atalda "inveja branca" : > )

bjnhssssssssssss

Nina disse...

Vc está certissima em como pensa a respeito e to aqui de queixo caido em saber que pessoas te criticaram dizendo que vc tava mentindo..

Já li mt sobre a inveja, qd era mais moca, eu era mt encucada com esse sentimento porque lembro mt poucas vezes, que o tive. Mt pouco mesmo, e ficava intrigada porque as pessoas diziam pra mim que nao sei quem tinha inveja de nao sei mais quem,enfim... eu achava aquilo td uma grande bobagem e ainda acho! Depois inventaram uma tal de inveja branca ou inveja boa, coisa mais estranha isso, inveja é inveja e ponto. Eu gosto da admiracao,e acho que isso é outra historia, bem diferente do negativismo que a inveja carrega em si, tem gente que fala que a inveja faz a pessoa alcancar objetivos, mas acho que esse caminho nao é o correto a seguir... Ja tive inveja das minhas irmas qd mt pequenas, que eram lindas e maravilhosas e eu a feiosa da familia, mas acho que era mais ciume, que tinha da atencao que elas ganhavam dos meus pais. Confesso que ciume eu sinto ainda, algumas vezes, mas tento me livrar desse sentimento horrivel e sem sentido, logo que o percebo chegar, nao é facil sabe? mas é necessario se livrar dele.

Mas inveja mesmo, estou contigo, Lucia, nao faz parte do que eu sou. Definitivamente! E isso eu dou minha palavra, nao sei o que é isso, ha mts anos...gracas a Deus!

✿ chica disse...

Lucia, adorei teu comentário e te mando um bj litorâneo, já que de praia não gostas. Te entendo,rs bjs, tudo de bom,chica