O filho predileto

 
Certa vez perguntaram a uma mãe qual era seu filho preferido, aquele que ela mais amava e ela, deixando entrever um sorriso respondeu:
"Nada é mais volúvel que um coração de mãe".
E como mãe lhe respondeu:
O filho predileto, aquele a quem me dedico de corpo e alma é
O meu filho doente, até que sare
O que partiu, até que volte
O que está cansado, até que descanse
O que está com fome, até que se alimente
O que está com sede, até que beba
O que está estudando, até que aprenda
O que está com frio, até que se agasalhe
O que não trabalha, até que se empregue
O que namora, até que se case
O que casa, até que conviva
O que é pai,até que os crie
O que deve, até que pague
O que prometeu, até que cumpra
O que chora, até que cale.
E já com o semblante bem distante daquele sorriso completou:
O que já me deixou, até que o reencontre.
(
Erma Bombeck)
 (Sobre a autora, de quem (supostamente) é o texto: Erma Louise (Harris) Bombeck nasceu em 1927, no estado de Ohio e morreu em 1996. Era uma humorista, então me fica a dúvida em ter escrito um texto tão sério. Publicou 15 livros, dos quais muitos se tornaram bestsellers. De 1965 a 1996, escreveu mais de 4.000 colunas de jornal contando sobre a vida comum de uma dona de casa suburbana do meio-oeste, com muito humor e eloquência.

6 comentários:

pensandoemfamilia disse...

Texto que nos faz pensar. Realmente, nos direcionamos com mais empenho para quem precisa, mas apenas em ações, pois amamos incondicionalmente a todos.

Clara Lucia disse...

Conhecia o texto, mas não sabia quem era a autora. Não em detalhes assim. Dona de casa comum... Que bom!
Se soubessem o tanto de histórias tem uma dona de casa.... rsrsrs

Beijos, boa semana!

Toninho disse...

Conheço esta bela partilha que bem define o coração de mãe.
Desde já lhe agradeço pela companhia em mais um ano e que Deus cuide bem de você e família, para que possamos continuar nestas interações pela vida.
Linda semana de paz.
Abraços.

MARILENE disse...

Uma linda colocação, seguindo os caminhos que orientam o coração materno. Também já havia lido o texto, mas sem menção à autoria. Bjs.

MARILENE disse...

Desejo-lhe um iluminado Natal, ao lado dos que lhe são queridos. BOAS FESTAS !
Bjs.

Allan Robert P. J. disse...

Só quem tem filhos sabe.
:)