E então é Natal...



E eu, que sempre contei aqui que não gostava de Natal, agora tenho um motivo real.
Não gostava da data porque achava tudo muito falso, muitos gastos e pouca atenção ao Aniversariante.
Podia achar isso e cumprir a tradição do nascimento, mesmo ele não tendo ocorrido nesta época do ano.
Podia seguir com o ritual católico, o que me agradaria muito mais, mas acabei fazendo como todo mundo, embora nunca tenha me envolvido com essas compras frenéticas, esse consumo desenfreado.
Com  minha mãe forte e saudável, passávamos todos juntos.
Este ano ela nem sabe que é Natal...

E passarei com ela, no hospital, eu e minha irmã mais nova, Mônica, sua "rapinha de tacho", aquela filha que Deus sabe porque veio ao mundo com minha mãe já passada dos 40 anos, depois de 9 filhos. Veio para ser nosso ponto de apoio, embora ela mesma precisando tanto. Mas é forte e tem nos comandado com força e foco.
Eu nem sei o que estou passando, nem dói, de tanta dor...
Às vezes rio, com meus netos, com meus filhos, esqueço a dor por uns momentos. 
Não há sol lá fora, mesmo que ele brilhe intensamente.
A gente sabe o quanto ama sua mãe, mas não sabe que é muito, muito mais do que se pensava.
E eu, que sempre a amei mais do que a mim, estou sem chão.
Tenho a certeza de que fui uma filha muito amada e muito querida. Às vezes me chamavam de "queridinha" dela, isso não é verdade, mas é bom de ouvir.
Impossível passar a data sem desejar que renovem sua fé, que as alegrias sejam muitas, que a paz reine entre os homens, que o amor seja a tônica entre todos os seres.
O amor verdadeiro, que quer a justiça, a solidariedade, o respeito, a fé, a esperança, em partes iguais. 
O amor que nos faça não perder a ilusão, por mais que tudo seja nebuloso.
Há inúmeras perguntas que nos fazemos e não encontramos as respostas. 
No entanto, Alguém sabe de tudo e está no comando. 
Que Ele nos ilumine a todos, nos dê muitas alegrias e esperança de dias melhores.
Feliz Natal!

5 comentários:

Clara Lucia disse...

Antes meus Natais eram mágicos. Natal pra criança é sempre mágico, depois que minha avó faleceu nunca mais foi o mesmo. Ela reunia todos e era pura harmonia, mas quando a base se vai, acaba pendendo pra vários lados. Saudades de minha avó...
Mas assim é a vida, uns vão, outros vêm, e vamos caminhando com alegrias e tristezas, saúde e doença.
Assim é a vida e nunca nos ensinaram como ser fortes pra tolerar dores e perdas. Nunca nos ensinaram a saber a dimensão do amor doado e recebido e nunca nos ensinaram que a vida dói...
Mesmo assim vamos sorrir, festejar, nos alegrar, porque tudo passa... E é tudo tão rápido que só ficam as coisas boas pra quem tem um coração liberto de dores e sofrimentos. Eles existem, mas podem ficar num cantinho especial pra ocasiões especiais. Que os demais lugares sejam preenchidos com amores, saudades, risos, abraços, beijos, carinhos e gratidão, Lúcia, muita gratidão por conseguirmos passar por tudo isso e ainda ter certeza que a vida vale a pena!
Minha querida maninha, um Feliz Natal pra vc e sua família e que Deus os abençoe e os encha de carinho nessa hora tão difícil.
Ele está no comando e sabe de tudo!
Beijos, bem carinhosos!

Silvana Haddad disse...

Lúcia:
Também nunca fui fã do natal e depois que meus pais faleceram, aí a data perdeu realmente todo o sentido.
Entretanto, compartilho da sua opinião, pois creio que "O amor verdadeiro, que quer a justiça, a solidariedade, o respeito, a fé, a esperança, em partes iguais," sejam a solução para um mundo melhor e mais digno.
Desejo que sua mãe se recupere e que VOCÊ tenha o equilíbrio necessário para suportar essas dificuldades.
Bjs.:
Sil

Toninho disse...

Natal é momento de muita emoção,para os que curtem e vivem todo o glamour que se tornou, para os que estão seccionados pela saudade de um ente querido, pelos que nem podem sonhar com as coisas do Natal e aqueles que vivem o Natal em toda sua grandeza.
As vezes acho Natal triste.
Lucia quero agradecer sua bela companhia neste ano e que estejamos em sintonia no proximo.
Meu abraço mineiro de flor.
Bju

Alma Inquieta disse...

Olá amiga,
Passo para desejar um Santo e Feliz Natal, com muito Amor, Paz e Alegria.
Beijos

Luma Rosa disse...

Oi, Lúcia!
Como bem escreveu, ELE está no comando e sabe porque as coisas acontecem e a hora que acontecem.
"Eu nem sei o que estou passando, nem dói, de tanta dor...". Compreendo bem o que sente, mas não deixe a esperança te abandonar!
Oscar Wilde escreveu “Hoje em dia conhecemos o preço de tudo e o valor de nada”, mas diante da dor, sabemos bem o valor de tudo e conhecimento de tudo que vale a pena. Que seu Natal seja de amor e solidariedade.
Beijus,