Feliz 2015!

Não gosto de anos pares. 
Só depois de muitos anos cheguei a essa conclusão. Não que me acontecessem coisas ruins nesses anos, mas no geral noto que anos pares são mais "pesados".
Pode ser uma constatação boba, só coincidências.
Meu pai nasceu em ano par.
Minha mãe nasceu em ano ímpar.
Casaram-se em ano ímpar.
Nasci em ano ímpar. 
Casei-me em ano par.
Tive filhos em anos ímpares e pares.
Tenho netos de anos ímpares e pares. 
Meu pai morreu em ano ímpar.
Minha mãe adoeceu em ano par.
Certamente tive muitas alegrias em anos pares e muitos dissabores em anos ímpares, mas fiquei com isso na cabeça, embora não espere nada de ruim, de ano nenhum.
E hoje penso que tudo acontece quando tem que acontecer, seja em que ano for.
Par ou ímpar? A vida é cheia de escolhas, do começo ao fim.
Mas a dor é inerente ao ser humano. Como a alegria, a sensatez, a casmurrice, o otimismo, o inconformismo, a fé, a esperança, a caridade, o amor, a descrença, a luz.
Somos todos um universo à parte, sujeitos  a qualquer acontecimento.
E a vida continua, sendo boa ou ruim. O que nos reserva o destino só acaba quando acabamos.
E então, desejo que 2015 lhe traga, antes de tudo, a paz de espírito. 
A força interior que lhe faça aceitar e levar adiante o que lhe faça mal.
E continuar pagando o mal com o bem.
Desejo manhãs luminosas, mesmo que o sol não apareça.
Desejo céu azul, de abril, em todos os dias, mesmo quando nuvens cinzas impeçam de ver a luz azul refletida.
Desejo que 2015 lhe surpreenda com políticos honestos, que não roubem mais. Nem empresários desonestos que alimentem a facilidade de roubarem.
Desejo que todos tenham direito a uma boa escola, o que implica em bons professores e uma infraestrutura governamental para melhores prédios onde se possa estudar.
Desejo que todos usufruam de vida boa, com pelo menos um quarto/sala/banheiro/cozinha que dê abrigo da chuva, do frio, dos horrores da rua. 
Desejo que todos tenham sua saúde garantida por um bom atendimento, com profissionais de qualidade, bem remunerados, com estrutura para trabalhar e atender seus pacientes.
Assim talvez tenhamos mais escolas e menos hospitais.
Desejo que não sejamos distinguidos por cor, crença, dinheiro, cargo, sexo. Somos gente. Cada um igual ao outro, mesmo que pesem as idiossincrasias.
Desejo que estejamos livres para circular pelas ruas sem medo de bandido, de carros, de motos.
Desejo que tenhamos tempo para olhar o céu, visitar parentes, encontrar amigos numa roda, comprar o que precisarmos, sem a euforia de "ter" apenas.
Desejo mais risos, gargalhadas, alegrias.
Desejo o cheiro de bebê, o aperto dos bracinhos de uma criança, a bagunça de uma casa, por estar cheia de vida, com crianças correndo pra lá e pra cá. 
Desejo mais humanidade para o tratamento dos doentes da cabeça.
Desejo alegrias com seu time de futebol.
Desejo que seu chefe seja apenas seu líder, não seu carrasco.
Desejo remuneração adequada, tempo de trabalho humanizado para quem costura nossas roupas, nossos calçados, nossas bolsas.
Desejo o encontro de um amor que lhe faça bem, de alguém que divida os sonhos com você e possam realizá-los.
Desejo que não procuremos tanto a felicidade, pois ela não precisa ser encontrada, ela está conosco o tempo todo. Há quem insista em não enxergá-la.
Desejo que cada momento de sua vida seja vivido com sabedoria, pois sem ela não podemos entender o que nos acontece, algumas vezes. 

Concedei-nos, Senhor, a Serenidade necessária
para aceitar as coisas que não podemos modificar, Coragem para modificar aquelas que podemos, e Sabedoria para distinguir umas das outras.
(Há dúvidas quanto a autoria dessa oração, que vc lê aqui.)

Desejo que tenha consciência de que tudo é possível, tudo pode lhe acontecer, que tudo que é ruim pode se tornar pior, sim, mas também pode se tornar melhor...
E, sim, embora a perplexidade não lhe deixe pensar, em alguns momentos, Ele é todo poderoso e certamente está no comando, reservando-lhe bons momentos.
Desejo que leia muitos livros, assista a muitos filmes, saia para passear no parque, veja seus irmãos todos os dias, ou telefone, cuide dos seus pais, mesmo que lhe pareça um fardo.

"Cerra meus ouvidos a toda calúnia.
Guarda minha língua de toda maldade.
Que só de bênçãos se encha meu espírito."
(Parte da Oração do amanhecer)

Tenha fé que sempre dias melhores virão.
Desejo-lhe um 2015 de paz. 




19 comentários:

ML disse...

Lucia, minha Querida Amiga, eu lhe desejo AMOR.
E muitas inspiracoes para continuar a ter essa mente pensante que sente e pensa, logo existe e muito bem! bjssss

✿ chica disse...

Lucia, vim desejar um lindo e muito feliz 2015, que seja cheio de realizações, muita SAÚDE, amor e alegrias e também tenho uma manias com números,mas são só manias mesmo,né? Nada muda.Quem faz os anos somos nós! bjs, chica

Clara Lucia disse...

Maninha do meu coração, apesar da dor, que haja amor, e que apesar de um amor dolorido, este seja eterno e terno, que nos preencha sempre e que nunca dê espaço pra sentimentos negativos. O mal, a dor, o sofrimento, tudo isso faz parte de nossa vida, mas que o amor, a ternura e a serenidade sejam infinitamente prevalecentes na nossa humilde vida.
Um beijo e Feliz Ano Novo pra vc e sua família!
Beijos

Cucla disse...

Simplesmente todos os meus desejos.
Feliz 2015

Toninho disse...

Muito engraçado isto das cismas que temos e as vezes as alimentamos com coincidências. Lá em Minas a cisma era com os anos bissextos muitas pessoas fugiam deles para casar,rsrs.
Outros ainda alimentavam que a vida é dividida em ciclos de 7 anos de vacas magras e 7 de gordas,rsrs. eu ja vivi as magras e quando esperava pelas gordas deu febre no rebanho e tudo ficou como estava,rsrs.
Lucia belos são os desejo de um novo ano que voce bem coloca aqui. Sonhamos sim e esperamos mudanças nos comportamentos, não só dos politicos mas de todos em geral, com uma visão geral voltada para a seriedade, que cada um possa negar a afirmativa que temos uma cultura de corrupção, de Lei de Gerson. Creio sim que só assim podemos sonhar com um Brasil melhor, mais decente. Que os criticam a marmelada não se vendem ao poder comer dela. Que a justiça seja para todos independente de cor, credo, raça e poder financeiro.
Que se busque a promoção social, o combate a intolerância em todo seu nível.
Um 2015 onde os sonhos sejam realizáveis.
Que você possa viver em paz e feliz com os seus, é o que lhe desejo do fundo do coração.
Meu carinhoso abraço mineiro de flor amiga e que estejamos em sintonia em 2015.
Obrigado por 2014.

She disse...

Hahahaha adorei o seu post, minha querida. Me fez refletir e me lembrar que eu também era assim com anos ímpares... Engraçado que o pior momento de minha vida, o acidente de carro, foi justamente em 2003, ano ímpar. Mas como sempre gosto de tirar o lado positivo até do ruim, ao mesmo tempo que foi o pior ano de minha vida, foi o melhor, pois tinha tudo para eu ter morrido naquele acidente e Deus me deu uma nova chance, então... :)
Que 2015 seja repleto de saúde e conquistas pra você!
Beijo, beijooooo!
She

angela disse...

que postagem linda, que 2015 seja um ano bom!
beijo enorme

pensandoemfamilia disse...

Olá Lucia
Desejo tudo de melhor em 2015, muita paz e alegrias e que nos mantenhamos neste saudável contato, mesmo que virtual.
bjs,,,,

Bia Jubiart disse...

Lúcia, também não tenho grandes amores pelo números pares, os ímpares sempre superam...
E 2015 muito amor e saúde para vc e sua linda família.
Um abraço energizado!
Bjooooooooo

Maria Gloria D'Amico disse...

Lúcia, que teu 2015 seja abundante de alegrias diárias, realizações, saúde plena e amor.
Agradeço pela nossa amizade.
Quero te dar um abraço, mas um abraço demorado e um beijo!

DMulheres disse...

Lindo post, minha querida. Você sempre gentil com suas palavras. Tenho a mesma cisma com anos ímpares , mas tento não pensar nisso rsrsrs
Que 2015 seja repleto de coisas boas, saúde e muitas realizações.

Bjokas,
http://blogdmulheres.blogspot.com.br/
@blogdmulheres.

Luma Rosa disse...

Oi, Lúcia!
Ainda não tinha pensado nos anos como pares ou ímpares, mas pensando bem, acho que eles são neutros. Veja só, se você olha 2015 ele parece ímpar, mas se você somar como faz a numerologia, ele é par (8) - um número que para o feng shui é um número perfeito.
Caramba, esse seu texto é muito bom! Me fez pensar em várias passagens da vida e fazer o famoso "balanço", coisa que ainda não tinha feito de forma tão profunda. Reli ele 3x - É um Hino à esperança!
Que tudo o que você deseja seja satisfeito nesse novo ano! Todos nós agradeceríamos. Grata pela generosidade!!
Feliz 2015!
Beijus,

Carlos Medeiros disse...

Nunca pensei no lance do par ou ímpar. Abraços.

Marly disse...

Oi, Lúcia,

A gente tem mesmo isso de encasquetar na cabeça que certas coisas são mais afortunadas enquanto que outras... rsrs. O perigo disso é que - se bem pensado - é um ato que encerra uma expectativa, uma fé e a fé não costuma falhar.
De resto, o post está cheio de verdades.

Feliz 2015, que este ano te traga acontecimentos muito felizes!

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Lúcia
Va ser um ótimo ano, começa não tão bom mas vai se aquecendo e melhorando dia após dia, se Deus quiser!!!
Que post detalhado!!!
Bjm festivo de 2015

Licia Dutra disse...

Oi Lúcia,eu também acredito que as coisas só acontecem quando tem que acontecer! Seria bom se tudo isso acontecesse em,séria o paraíso!Mas podemos fazer o nosso dia e de quem está ao nosso lado melhor,com bons pensamentos e ações. Espero que em 2015 seja um ótimo ano para você,com muitas alegrias e saúde! Bjss.

✿ chica disse...

Lucia,vim te agradecer os carinhos lá e te desejar que fiques bem para enfrentar essa situação de modo a não TE prejudicar!

bjspraianos,chica

silvioafonso disse...

.
Gostei do seu blog por
isso vou segui-lo. Siga
o meu também, vai!

Beijos,




.

ECR ENGLISH SCHOOL disse...

Você arrasa!