Cuide da sua língua!

 No FB, disseram que gostam do que escrevo, que percebo algumas coisas inusitadas. 
Como quando falei para observarmos se não comemos colocando a língua para fora da boca, para receber o garfo ou colher. Isto é muito feio mesmo! E muitas vezes, inconsciente. 
Não tem sentido, a língua foi feita para ficar dentro da boca, não fora. Por isso é feio "dar a língua" para alguém.
Comer é um ato prazeroso mas não é algo muito bonito pra se ficar olhando. Por isso muita gente perde o charme e a beleza ao mastigar.
Todo cuidado é pouco, às vezes um simples gesto pode colocar a perder um relacionamento. Não que pessoas que comem de boca aberta,
ou colocando a língua para fora para receber os alimentos,
ou que "chupam" os dentes,
ou que passam a língua ostensivamente pelos dentes para retirar algum pedaço,
ou cutucam os dentes com o palito,
ou com os dedos,
e tantos atos mais,
não tenham seu par.
Muita gente não liga pra isso, nem repara.
Chato é quando a gente repara.
Não que não possa gostar nem deixar de conviver com quem age assim, mas acho bem feio.
A língua é um músculo relacionado ao sentido do paladar e fica localizada na parte central da boca e ajuda no  processo da digestão dos alimentos.
A língua também participa da formação da fala e é o único músculo voluntário do corpo humano que não fadiga.
Por isso muito gente fala sem parar. rs
E a língua também é a grande responsável por alguns casos de halitose, ou o mau hálito.
Por isso, além de manter a língua dentro da boca ao pegar os alimentos e ao falar pouco, é bom limpá-la diariamente, tirando a saburra, aquela parte esbranquiçada que pode se formar sobre ela.
 Muitas vezes, passar apenas a escova não resolve, mesmo porque é incômodo e pode provocar o vômito chegar com ela na parte posterior da língua, que é onde se concentra mais a saburra.
Que nada mais é do que uma placa bacteriana.
Esta placa aparece quando temos diminuição na produção de saliva ou uma descamação na mucosa bucal, da parte de dentro dos lábios e bochechas (quando acima do limite normal de desprendimento).
Uma boa solução é a limpeza com o aparelhinho barato e fácil de encontrar nas farmácias e drogarias.
 Embora a saburra não seja a única causa da halitose ela é a mais frequente e responde por mais de 90% dos casos. E é bom pesquisar o porquê do seu aparecimento. O problema é mundial e hoje existem centros especializados só nessa parte do combate à halitose.
E de simplesmente falar de como posicionar a língua dentro da boca, ao receber o alimento, acabei caindo na halitose. rs 
Vamos, então, cuidar da língua, em vários sentidos:
  • Mantendo-a na boca, ao receber os alimentos;
  • Mantendo-a o mais quieta possível, dentro da boca, quanto  a sermos maledicentes;
  • Limpando-a diariamente para afastar o mau hálito.
(Aposto que, pelo título, vc pensou em outra coisa. rsrs)

 (As fotos são do Google e o cartaz acima, do Facebook).

19 comentários:

✿ chica disse...

Gostei do tema. Bem prático e acontece mesmo.

Aqueles linguões pra fora como cachorros famintos, chega a dar uma coisa.E aqueles que enquanto pensam antes de falar colocam um pedaço dela no lado do lábio. Ai, que coisa mais horrível, já viste?rs

Um ESPAAAAAAAAAAAAAAAAAAAANTO!!

Gostei também das dicas e até na CUCA de vez em quando limpo a língua e depois, ainda temos, como bem lembraste, de cuidar das nossas línguas faladeiras,rs... beijos,de volta,chica

Álbum da Artesã disse...

Lúcia
Um tema polêmico, que reverte à um tema - que ninguém gosta de comentar - Mas, uma das maiores grosserias do corpo humano é o que ele precisa 'mexer' para se alimentar.
Porém, se aprecias alguém, e, tens oportunidade, o primeiro convite é para um almoço e/ou para um jantar.
Ou seja, a maior gentileza que puderes fazer a alguém é dividir uma ceia.

O que tem na nossa estante disse...

A língua é um pequeno membro que se gaba de grandes coisas, é capaz de incendiar uma floresta e tem poder.... a palavra tem poder... Minha mãe vive me mandando ter cuidado com a minha kkkk Mas confesso que nunca parei para pensar como ando comendo kkkkk... e nem os outros sou desligada dessas coisas...

Marli Borges disse...

Gostei, Lucia, assunto de utilidade pública. Bjs Marli

Allan Robert P. J. disse...

Prefiro usar a língua como órgão do paladar que como instrumento verbal. A boca sorri mais, assim.

:)

Clara Lúcia disse...

Tem gente que fala demais mesmo....
Eu falo muita besteira, Lúcia, mas acho que não é esse o caso.
Digamos que falo pelos cotovelos, coisas sem noção, tipo pagar mico mesmo. Depois de anos-luz é que me dou conta do que falei sem querer, claro.
Mas vivo me policiando, sempre.
A dica de limpar a língua é ótima!
E comer é um problema.
Olha, tem umas pessoas que eu não consigo ficar olhando comer... é muito chato mesmo. Mas nem falo nada porque conheço muito bem e vai achar que eu sou muito arrogante. Então, como não vivo mais com a pessoa, tudo certo.

Eu gosto do que vc escreve....

Beijos

Sheyla - DMulheres disse...

Lucinha, muito legal o texto, como a limpeza é simples e pode deixar um pouco o mau hálito de lado. E como devemos deixá-la quietinha dentro da boca. Agora toda vez que como, penso em vc rsrsrs

Bjos e um lindo final de semana.

ML disse...

Achei mesmo, pelo título, que vc falaria do mal hábito da fofoquinha (que até é bem vinda, só pra distrair, se não for daquelas "malígnas e venenosas" : > )))
Mas é sobre saude + educação bucal, utilidade pública, Lúcia!

bjnhsssssssssssss e ótimo final de semana, Querida!

Brechique da Dodoca disse...

Oi, querida Lucia!

Adorei sua postagem!
Além de super bem escrita, como sempre, aborda um tema importante e até difícil de leva adiante com algumas pessoas.
Esclarecedor! Gostei bastante!
E, de fato, temos que cuidar desse músculo infatigável com muita atenção!
Bjsssssssss, quérida, Deus a abençoa!


Brechique da Dodoca disse...


"... difícil de levar..."

Errei! Bjssssssssssssssssss

Neli Alves disse...

Amei o texto, super interessante.
E as dicas de cuidados também são ótimas.
Bjks. Neli - Iaiá Arteira

Pepa disse...

rsrsrr, lingua é um trem feio né ??
Como algumas outras partes, é bom ficar bem guardadinha e cuidadinha, quanto menos aparecer melhor, srrsrsr

Bjus 1000 linda e um finde maravilhoso prá ti

Claudio J Gontijo disse...

Oportuno. Sua escrita é mesmo agradável.

Felicidade em sua jornada.

Roberta Salvanhini disse...

Mas tem muita, muita verdade mesmo neste post. E olha, a limpeza dela (a língua) sempre faço, agora o que ando tentando praticar é a ficar com ela dentro da boca. Menina, parece que não ando me fazendo entender e estou sem vontade de me explicar. Então... em boca fechada não entra mosquito.
Beijo querida e ótima semana pra você.

Bia Jubiart disse...

Aqui cuido da minha e do filhote rsrsrs, dá trabalho rs.
Lúcia excelente texto, prático e esclarecedor.
E aquelas pessoas que comem fazendo barulho com a boca? Dá impressão que rumina rsrsrsrs, um horror!

Tenha uma semana luz!

Bjossssss

Palavras Vagabundas disse...

kkkk, tenho a maior agonia com come "feio". Cuidar da língua em todos os sentidos é fundamental para a boa convivência.
bjs
Jussara

Agora Somos Três disse...

Ai que nojo dessa língua da foto!!!

Me lembro que ainda criança aprendi que sempre tinha que escovar a língua. Muitas vezes falava assim pra minha mãe: "Mas me da ânsia de vomito!!!" E ela falava que era pra escovar até onde eu agüentasse. Aqui as pessoas não lavam a língua, sei disso porque o maridex aqui só começou a escovar quando me conheceu, rsrs, ou eu não beijava ele nem a pau nem a porrete. :) Eca!!! Agora até ele tem nojo e as vezes pede pra Lalá mostrar a língua pra ele escova. Parece que aprendeu a lição.

Bjus
Ta

Lu Souza Brito disse...

Ai Lucia, você é ótima. Também pensei em outra coisa quando li o título. Confesso.

Pois é. Eu conheço algumas pessoas que mastigam 'estranho', parece que a boca fica um pouco aberta. Dizem que é algum problema na arcada dentaria, mas nao sei se acredito não. Parece simplesmente falta de atenção (olha eu, maledicente).
Fato é que morro de novo. Como acho nojento gente palitando os dentes em restaurantes, como se fosse a coisa mais normal do mundo, ou colocar a linguinha de fora ao receber o alimento. Se tivesse recebendo a hóstia ainda justificaria, mas quando está se servindo...
Quando a halitose, é fato que muita gente tem. Eu vivo fazendo teste e faço tudo isso (escovar a lingua, cuidar bem dos dentes, etc) além de usar um enxaguante bucal 2x ao dia.
Um beijo

Nina disse...

rsrs, vc escreve coisas legais mesmo, Lucia, sempre trazendo algo pra pensar la no face. adoro!

Po, esse assunto é chato mesmo, comer mostrando a boca aberta é ridiculo e é estranho que tanta gente faca isso e nao perceba ne?