Manual para a vida / Parte 4

O texto que recebi por e-mail e que virou esse "manual", em 4 postagens, hoje se completa.
A Parte 1 abordou a saúde, como devemos cuidar bem dela, para ter qualidade de vida.
A Parte 2 abordou a personalidade, como lidar com nosso jeito de ser.
A parte 3 mostrou como viver bem em sociedade e agora, vamos falar da Vida em si, como encarar o dia a dia. E como venho dizendo, se realmente fosse um manual, onde bastaria abrir a página, ler e aplicar uma lição, seria fácil demais.
Para viver bem, é preciso "andar na linha". fazer o que é correto. Socialmente correto, seria isso? Não. Para mim, fazer o que é correto é ...fazer o correto. 
Não há meio termo, não há maneira de encarar, o que está estabelecido que é o correto, tem que ser seguido. Para mim é fundamental, senão a vida seria um eterno "samba do criolo doido". (Ops! "Samba do afrodescendente com problema mental". Melhor assim.)
  (Uma das maiores provas de que o correto tem que ser respeitado, pois cada um precisa do outro, em sociedade)
 E a palavra de ordem parece ser o desapego. Então, a mensagem é de que precisamos nos desfazer de tudo que não nos seja útil, nem bonito, nem alegre. Ok, quanto ao útil e ao alegre, temos que nos desfazer do que não nos faz bem. Mas, quanto ao "bonito", qual o parâmetro que se usa? O bonito para mim, pode ser feio para você, e vice-versa. Entendo por "bonito" manter algum objeto, móvel, utensílio, etc. em bom estado, esteticamente perfeito, o que, se visto por esse lado, está certo. Cuidando do que se tem, mesmo o desgaste normal de uso é percebido e consertado.

Para mim, que creio, a fé é fundamental e precisamos ter em mente que  Deus tudo cura. O que é absolutamente confortador. Embora nem sempre fácil de perceber. E como religião é uma seara delicada, não me estendo.
 Para viver bem temos que ter em mente que os dias se sucedem, numa ordem natural, e que nunca é igual ao outro. Por muito boa ou má que a situação seja, ela mudará. Sempre pensamos que as fases ruins são grandes e as boas duram minutos, mas a vida é bastante equilibrada e se vai mal o tempo todo, tem que ser revista. O que não adianta é só lamentar, sem sair do lugar. Fases boas e fases ruins, ou não tão boas, são o normal da vida. Ninguém vive em "um mar de rosas", por mais que passe essa impressão. O que acontece é que há pessoas que não fazem tempestade por tudo, sabem enfrentar os problemas, encar a vida com fé e sabedoria, não deixando que a parte ruim seja maior do que a boa.

 Por isso, não interessa como se sente, levante-se,  arrume-se e apareça. Essa é a tônica do bem viver. Tem um pensamento antigo, daqueles que a gente nunca se esquece e nem sabe onde leu, desde mocinha eu o repito: "Sorria, que o mundo sorrirá contigo; chore, que o mundo rirá de ti".  Por mais duro que possa parecer, é isso mesmo, ainda mais em nossos dias, onde o individualismo tomou conta.

Tenhamos em mente que o melhor ainda está para vir. Tudo tem seu tempo certo, basta lutar e muitas vezes, apenas esperar. 
Por isso tudo, quando acordar pela manhã, agradeça a DEUS pela graça. O dia está ali, à sua frente, prontinho para ser vivido e por isso se chama "presente", está sendo lhe dado e cabe a você saber conduzí-lo.
Mantenha seu coração sempre feliz,  por mais que lhe seja difícil. 
Embora às vezes me pareça que temos o destino traçado, lutar é preciso.
 E, por mais difícil que possa ser, sempre há nuvens no céu, sempre o sol se levanta e se põe, sempre vida chegando e gente se indo, sempre as horas se sucedem, inexoravelmente e ficar parado, olhando a vida passar é tudo o que não podemos deixar acontecer.
Viver bem depende de nós, mas não custa abrir um "Manual para a vida", às vezes escrito por um visionário, e encontrar uma luz no fim do túnel.
Sempre há.    
(Imagens retiradas do Google) 

19 comentários:

ONG ALERTA disse...

Excelente postagem sempre tem um novo dia, mas realmente que falta no ser humano é educação!
Beijo Lisette.

✿ chica disse...

Muito bom e ao final, o melhor: não há manuais pra bem viver. Cada um vive conforme acha melhor o seu caminho! beijos,chica e linda semana!

Celia disse...

Muito bem dito e concordo plenamente com vc. Costumo dizer que a vida tem a cor que a pintamos. Tem pessoas que só pintam com o preto, marrom, cinza...já outras sao cores fortes, alegres. Temos que escolher nossos caminhos e a forma de fazer isso. Bj

Kellen Bittencourt disse...

"Sorria, que o mundo sorrirá contigo; chore, que o mundo rirá de ti". Lucia essa foi a maior verdade que eu já ouvi em muito tempo, infelizmente é assim mesmo! Adorei o texto, fechou a série com chave de ouro, e vc disse tudo, correto é correto e pronto! Bjoooss

Pepa disse...

Ah, Lucia... vir aqui é sempre certeza de ótimos posts... vc sempre tão centrada, com suas opiniões que muitas vezes batem com as minhas, mas sem impor nada á ninguém.


Assim deveríamos viver, assim a vida "social", seria muito mais fácil !!

E sabe que ler esse post me deu um certo ânimo ?
Sei lá porque ando meio de "banzo" com o blog, face tudo, rsrs...

Mas não posso ficar sem essas preciosidades, rsrs

Bjus 1000 linda !!!

Palavras Vagabundas disse...

O melhor desse manual é: viver bem depende de nós!
bjs e boa semana
Jussara

Beth/Lilás disse...

Bom dia Lúcia!
Eu estou super bem, mas sabe como é volta de ausência em casa, temos que colocar as coisas em dia e depois o lazer da net.
Obrigada pela preocupação, mas está tudo nos trinques.
Continuo achando que manuais para se viver bem, só mesmo a vida nos ensina, quanto mais ela for vivida e com intensidade e amor no coração.
Agora, as tais 'escolhas' é que serão o reflexo de tudo em nossas vidas, tudo dependerá delas e não adianta choramingarmos depois se não der certo, mas foi assim que escolhemos, né?
um beijo grande e carioca



Luma Rosa disse...

Para vivermos bem, basta não irmos contra a nossa natureza e de vez em quando ligar o f*. :)
Essa postagem me fez lembrar de um trecho de "O Retrato de Dorian Gray" (Oscar Wilde) que não por acaso, a Bia do blogue "Revolta e Romance" postou.
Boa semana!! Beijus,

Lívia Azzi disse...

Lúcia, querida !

Prazer vir aqui, enfim, com calma. Leitura agradável, clara e fluída. Tem dias... ou fases que dá tudo errado, acontecem coisas que são verdadeiro tormento e impossíveis de superar, daí vamos lá, enfrentamos e pronto: demos conta de mais uma. E é assim, como diz a música: "não adianta mesmo a gente chorar, a mamãe não dá sobremesa, mamãe, mamãe natureza".

Super beijo <3

ML disse...

"Andar na linha". "Fazer o que é correto": hoje, fui ao supermercado debaixo de chuva comprar vela (achei que fosse faltar luz, muitos trovões e relâmpagos no RJ, mas por enquanto tudo bem).
Cheguei em casa, abri a caixa e... das 8 velas no rótulo, na caixa só tinham 6 - a embalagem tinha sido violada.
Liguei pro superm (é aqui na esquina, mas chovia e pensei em passar no dia seguinte pra zerar o prejuizo), mas eles mandaram um funcionário aqui em casa com uma caixa completa.
Aplaudível, né, Lucia? Tudo a ver com esse seu post.
Ah, sim: o nome do super é Pão de Açucar (que, acho, agora não tem mais acento, tem?!?!?!?!?!).

bjnhsssssssssssss

Pepa disse...

Oi Lucia, é a Vi,estou procurando viver pela fé, já que a razão nunca me pareceu sensata para convencer viver por ela..
Muitos beijos,Vi

ONG ALERTA disse...

Beijo Lisette

Mara Lucia Bechara disse...

Lindo Lúcia ,a arte de bem viver,sempre falo que a vida é para os fortes,em minha casa tenho o apelido de"Poliana" que só olha o lado bom das coisas!! Já fui mais ,hoje estou mais realista,muita coisa me incomoda!!!A falta de respeito,educação,agressão gratuita,o mínimo de civilidade...não consigo mais ficar calada!
Texto maravilhoso,dá gosto de ler !!Já virei sua fã...Obrigada pela visita no blog,eu posto coisas coloridas mas com meus móveis antigos mantenho o verniz não tiro..
bjjss
meu cachixo

ML disse...

Lucia: já viu a blogagem coletiva proposta pela Tê, a Beth e a Priscila (amiga delas, não conheço) sobre "Meu lugar inesquecível"? bjnhs

Teresinha Ferreira (www.democratizacaodamoda.blogspot.com);
Beth Lilás (http://supremamaegaia.blogspot.com.br/);
Priscila Ferreira (http://novasrespostas.blogspot.com.br/).

Nina disse...

imagens lindas que emolduram um otimo texto, injecao de animo pra quem precisa ;-)

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida Lúcia
Que maravilha de post!!!
Vc voltou de uma maneira mais deslumbrante ainda aqui no seu novo espaço... Parabéns!!!
Colocar os valores no seu devido lugar... progredir!!!
É Espiritualidade em estilo nobre como convém a nós todos, filhos de Deus muito amados por ELE...
Bjm de paz e bem

Bia Jubiart disse...

Oi Lúcia! Excelente texto, e uma profunda reflexão, o meu manual p/ vida sempre estará numa eterna construção de erros e acertos...

Tenha um ótimo finzinho de domingo!
Adoraria te conhecer em Brasília!

Bjãoooooooooo

Georgia Aegerter disse...

Magnifica a tua postagem Lucia.

Falta mais Amor no dia a dia das pessoas. Nao sei, eu acho que as pessoas ficaram mais egoistas com o tempo e cebntralizando muito o seu umbigo. Ficaram mais sensiveis também. Ninguém pode mais falar o que pensa que todo mundo fica magoado. Sei nao, acho que a humanidade anda muito doente. Querendo ouvir somente os elogios, as críticas ficam de fora...


Bjos

✿ chica disse...

Lucia, vim agradecer o comentário e carinho. Pena que não achas um tempinho pra participar. Tenho certeza que farias um texto lindo!!! beijos,tudo de bom e quem sabe ainda dá?rs chica