Tocando em frente

Antes de ouvir, leia a letra. Como se fosse um poema.

É um poema musicado, com certeza.
Uma das músicas e letras mais bonitas da música brasileira.

Tocando em Frente 

Almir Satter e Renato Teixeira

Ando devagar
Porque já tive pressa
E levo esse sorriso
Porque já chorei demais
Hoje me sinto mais forte,
Mais feliz, quem sabe
Só levo a certeza
De que muito pouco sei,
Ou nada sei
Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs
É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir
Penso que cumprir a vida
Seja simplesmente
Compreender a marcha
E ir tocando em frente
Como um velho boiadeiro
Levando a boiada
Eu vou tocando os dias
Pela longa estrada, eu vou
Estrada eu sou
Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs
É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir
Todo mundo ama um dia,
Todo mundo chora
Um dia a gente chega
E no outro vai embora
Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
E ser feliz
Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs
É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir
Ando devagar
Porque já tive pressa
E levo esse sorriso
Porque já chorei demais
Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
E ser feliz.

10 comentários:

pensandoemfamilia disse...

Acho linda esta letra e também a melodia.
Bela escolha musical e poética.
bjs

ML disse...

LINDA!

Filosofia profunda e a "alta" do psicanalista nesta frase singela: "...Ando devagar
Porque já tive pressa..."

Muitos bjssssssssssssssssssss

Heloísa disse...

Linda canção, e completa, em música e poesia.
Beijo.

Cristina disse...

Olá, Lucinha!
Tudo "bão" aí?

Olha, embora esta música tenha sido escrita por um goiano e um paulista, ela poderia se passar desapercebida por música mineira.
Acho esta linda mensagem, bem mineirinha... eu que fui criada aqui na divisa, me identifico com ela também.

Beijin

Pitanga Doce disse...

A melodia é linda, o poema também. Não dá para esquecer da época em que foi divulgada, através da novela Pantanal. Tudo era lírico.

beijos Lucia.

Álbum da Artesã disse...

Lúcia,
Com certeza hoje ando devagar pois já tive muita pressa, e estou dando um basta.
Esta música é muito bacana mesmo.
Letra e Melodia me encantam.
Gosto também na voz da Bethânia e da Paula Fernandes também.
Outra música que me fascina é Epitáfio; e, outra é: Como Uma Onda - nesta o Lulu arrasou, incorporou Heráclito.
Lindo Findi pra ti
Jinh ♥ s

Andreza Canela Castela disse...

|Olá! Olha esta música eu acho perfeita.
Meu marido adoro e vive contando.
Toca nosso coração.
Beijos e bom domingo para você

Blog da Pandinha disse...

Lúcia, a melodia neste poema é um "detalhe". Sou filha de mineiro "caipira", meu avô paterno tem 85 anos e ainda lida na roça, então músicas sertanejas, estas de raízes, e modas de violas são alentos aos meus ouvidos. Sou apaixonada pelo Almir e pelo Renato, e tudo que eles cantam, me encanta. Salvo engano, a autoria desta letra é do Zé Ramalho. Você sabe dizer? Que sua semana comece recarregada de energia positiva e nesta semana, sem enxaqueca, a vida recomeça! Eu já testei o gengibre. Acho que tudo funciona, mas às vezes, só uma determinada coisa. Desta vez, foi um remédio. Que não venham outras vezes! Beijo grande!

Gina disse...

Lúcia,
Essa música é um hino! Uma vez fiz um passeio de trem até Morretes. Tive a sorte de estar acompanhada de um grupo de viola, que tocou e cantou várias músicas durante o passeio. Dentre elas, estava essa, que todos cantaram junto.
Já fui elétrica, ainda tenho uns repentes, mas já consigo andar bem mais devagar... Melhor assim!
Boa semana e um ótimo setembro pra você.
Bjs.

Álbum da Artesã disse...

Lúcia,
Adoro esta música
Está em minha lista de preferidas.
Também gosto de Epitáfio
E mais umas 200, muitas dos anos 80 em inclusive italianas dos anos 60 e 70
hihihihih, meu repertório é eclético

Bom Domingo pra tu